sábado, 8 de julho de 2017

À GAIA UM SALVE

Chapada dos Veadeiros - GO / fevereiro de 2017
A brisa leva que ímpeto se torna um vento frio, anuncia a chuva de março que vem forte e imponente. Enche os rios, dá volume as quedas. Gaia, ciclo eterno de algo grande e basilar. 

Não há palavras que descrevam, nem tintas o bastante que me permitam expressar o que é estar presente diante desse lugar. A Chapada dos Veadeiros eleva a alma a altos níveis fazendo o homem tão pequeno. Nessa contradição lógica, a própria mente não dá conta de explicar o que se sente ao mergulhar nas águas das quedas do Rio Preto. Grande rio, leva o corpo e a mente. Banho de cachoeira é pouco; é banho de consciência.